Finanças em Pauta: Saiba aqui porque o jogo do bicho é famoso entre idosos aposentados!

Você com certeza já viu em algum lugar um idoso aposentado fazendo uma fezinha no jogo do bicho. Essa prática é muito comum em nosso país, especialmente entre os idosos. Mas, por que o jogo do bicho é tão famoso entre esse público?

As bancas de apostas têm como público principal os idosos. São eles que sustentam essa modalidade de jogo aqui no Brasil. Neste artigo você vai saber o porquê esse jogo é o queridinho dos idosos, quando ele se torna um problema e como ajudar um idoso que fica viciado em jogo. Confira!

Por que o jogo do bicho é tão famoso entre idosos aposentados?

Os idosos que já estão aposentados gostam de desfrutar de sua aposentadoria para viver uma aventura perigosa, a do jogo do bicho. Alguns jogam pela simples ilusão de que podem ganhar um prêmio de alto valor e mudar de vida.

Outros entram para o jogo do bicho como uma fuga, de alguma situação que ele quer esquecer. Por exemplo, muitos idosos aposentados passam pela terrível dor de perder seus cônjuges. Isso desencadeia problemas como depressão e ansiedade, motivo pelo qual alguns recorrem aos jogos de azar.

Além do mais, como o jogo do bicho pode ser feito com um valor pequeno, isso atrai ainda mais aposentados.

Quando esse jogo se torna um problema entre os idosos?

Os familiares precisam ficar atentos quando o jogo do bicho se torna um problema para uma pessoa idosa. Quando esse idoso deixa de fazer atividades de longas datas e se concentra apenas em jogos, só fala das vitórias e nunca das perdas, ele está em perigo.

Por isso, é importante ficar de olho em sinais como quadros de ansiedades, querer investir mais dinheiro nos jogos por fazer apostas maiores, fica irritado quando precisa diminuir o jogo, fazer renda extra para poder jogar mais, mentir para esconder as apostas, interromper relacionamentos por causa do jogo, perder o emprego, fazer empréstimos, entre outros.

Todas essas características são de idosos que estão num quadro de ‘viciados’. Por isso, mesmo que um dos dois sinais citados aqui afete um idoso, ele já precisa de ajuda.

Como ajudar um idoso viciado em jogo de bicho?

Para ajudar um idoso viciado em jogo do bicho é preciso, antes de mais nada, muita paciência. É essencial conversar com esse aposentado sobre seu vício, alguns conseguem reconhecer sua condição e, a partir disso, reduzem ou deixam de jogar de vez.

No entanto, outros vão precisar de ajuda médica, como sessões de terapia com um psicólogo.  

Quais os benefícios dos jogos para idosos?

O jogo do bicho não traz benefício algum, em termos de saúde mental. Mas há alguns jogos que são muito importantes para a memória. Entre esses jogos estão os jogos de tabuleiro, neste caso, o dominó e o xadrez. Também está incluído o bingo e o jogo de cartas.

Esses jogos estimulam a memória, melhorando a concentração e o raciocínio rápido. São jogos que podem ser comprados e jogados em grupo, que também ajudam na interação social.

More to explorer

Across.

Com mais de 10 anos no mercado, nossa empresa busca desenvolver um departamento de recursos humanos alinhado e competente que auxilie na organização de recrutamentos e seleções, além da retenção de talentos.

Contato.

Todos os direitos reservados – Across RH 2019