Qual tipo de alimentação é mais indicada para a pessoa idosa?

Uma pessoa idosa precisa se alimentar bem para ser saudável. A alimentação balanceada é fundamental para a prevenção e o tratamento de algumas doenças, além de deixar os ossos e articulações mais fortes.

Infelizmente, muitas pessoas quando chegam na terceira idade não se alimentam de forma adequada. Com uma alimentação pobre em nutrientes, muitos idosos apresentam problemas sérios de saúde e tem sua qualidade de vida afetada.

Veja agora qual o melhor tipo de alimentação para quem está na fase da terceira idade.

Como deve ser a alimentação de um idoso?

A alimentação de uma pessoa idosa deve ser pensada com muito cuidado. Cada idoso precisa seguir uma dieta especialmente feita para ele. Sendo assim, o mais aconselhável é procurar a ajuda de um médico especializado em nutrição, o nutricionista.

É fundamental montar um cardápio que esteja de acordo com as necessidades do idoso. Hoje em dia é muito fácil encontrar dicas de receitas para pessoas idosas.

Quantas calorias uma pessoa idosa pode consumir?

Outra questão muito importante é saber quantas calorias uma pessoa idosa pode consumir. Com uma alimentação balanceada, as calorias consumidas pelo idoso serão a quantidade necessárias.

Mas é preciso levar em consideração se há alguma restrição médica, se há alguma necessidade nutricional. Por isso, o mais indicado é consultar o nutricionista. Mas no geral, uma dieta que não tenha tantas calorias é sempre a melhor.

Quais nutrientes são importantes para essa fase?

Muitos nutrientes são necessários para o bom funcionamento do organismo. Mas alguns são mais necessários na fase idosa, para ajudar na prevenção de problemas de saúde. Veja agora alguns exemplos de nutrientes que devem constar na alimentação de um idoso.

Cálcio

O cálcio é um nutriente muito importante para os idosos. Isso porque na fase idosa os ossos sofrem um desgaste natural, com isso, alguns problemas relacionados começam a aparecer, como a osteoporose, por exemplo.

O cálcio vai ajudar a deixar os ossos mais fortes. Por isso, é muito importante incluir nas refeições alimentos como leites, queijos, quinoa, gergelim, linhaça, chia, e todas as verduras que possuem a coloração verde escura como couve, espinafre, rúcula e outros.

Omega3

O ômega 3 é outro nutriente que todo idoso deve consumir. Esse nutriente é muito importante para a manutenção de alguns órgãos e prevenção de algumas doenças como problemas cardíacos.

Além disso, esse nutriente é essencial para prevenir algumas doenças relacionadas à idade, como Parkinson, Alzheimer e depressão.

Mesmo hoje em dia sendo possível encontrar esse nutriente em forma de suplemento, alguns alimentos como sardinha, atum, chia, linhaça, abacate, azeite de oliva extra virgem, nozes, são ricos em ômega 3.

Zinco

Na fase idosa é comum que o organismo fique menos protegido, ou seja, com a imunidade mais baixa que em outras fases da vida. Por isso, o zinco é fundamental na alimentação. É possível encontrar zinco em alimentos como ovos, arroz integral, carne bovina, peixe e oleaginosas.

Vitamina D

A vitamina D é um nutriente muito importante para a boa saúde na fase idosa. Além de contribuir para aumentar a imunidade, ele também ajuda o cálcio a ser absorvido pelo organismo.

More to explorer

Across.

Com mais de 10 anos no mercado, nossa empresa busca desenvolver um departamento de recursos humanos alinhado e competente que auxilie na organização de recrutamentos e seleções, além da retenção de talentos.

Contato.

Todos os direitos reservados – Across RH 2019