Tudo o que você precisa saber sobre os implantes antes de colocá-los!

O implante é definido como a “técnica de reabilitação oral que permite a fixação de uma prótese dentária de forma permanente”. Por exemplo, se você sofre de perda óssea ou mesmo perdeu algum dente em situações específicas, os implantes se constituem como uma alternativa eficaz de resolução do problema. 


Afinal, além de serem seguros, estes elevam bastante a auto estima dos pacientes, tendo inclusive, cerca de 1 milhão de procedimentos anuais para sua inserção. 

Pensando nisso, o presente artigo tem o objetivo de apresentar informações relevantes a respeito dos implantes, auxiliando na conscientização e tranquilização de pacientes que pretendem colocar. Assim, é possível estar atualizado e mais confiante durante os processos de decisão. Não deixe de conferir!

Quais são os benefícios dos implantes? 

Os principais benefícios da técnica, são: 

  • Por serem muito estudados, os casos de perda dentária, majoritariamente, podem ser resolvidos com os implantes; 
  • Os dentes permanentes não sofrem danos com a inserção dos implantes; 
  • Os implantes dão uma aparência mais natural, por serem fixos; 
  • Os implantes tem alta durabilidade; 
  • Os implantes são confortáveis; 
  • A maioria dos casos de inserção de implantes apresentam sucesso; 

Etapas de um implante dentário 

Diagnóstico

O diagnóstico é feito através de uma avaliação que verifica o histórico do paciente e também a estrutura anatômica de sua boca. Isso auxilia na definição do sucesso do procedimento, uma vez que alguns casos precisam de determinados ajustes, antes da inserção do implante. 

Quando um dente permanente cai, seja qual for a motivação, existem grandes chances de locomoção dos dentes que ficaram fixos na boca, devido ao espaço deixado pelo que caiu. Nesses casos, é necessário que o paciente faça tratamento com o aparelho ortodôntico e assim possa colocar os implantes posteriormente. 

Também existem casos onde a estrutura óssea está comprometida, o que indica a necessidade da aplicação de enxerto ósseo, antes da inserção dos implantes. Portanto, é sempre importante consultar um bom profissional, a fim de tornar a decisão mais racional e certeira possível. 

Cirurgia 

A cirurgia de inserção dos implantes é feita no próprio consultório do dentista e é considerada relativamente rápida. O profissional utiliza a broca para implante adequada e realiza um pequeno corte na região da gengiva, a fim de alcançar o osso e inserir o pino de titânio.

Após a conclusão do procedimento, que dura entre 30 e 40 minutos, é feita uma espécie de proteção ao local e também os pontos. O tempo para a integração dos ossos é de, no máximo, 6 meses e o acompanhamento deve continuar sendo feito pelo profissional. 

Prótese

A prótese nada mais é do que um aparelho que substitui os dentes e a sua confecção é feita através da escolha de uma cor para a coroa e posteriormente, da moldagem. O molde confeccionado é enviado para um laboratório especializado que faz a ou as peças com cerâmica. 

As peças precisam ser idênticas aos demais dentes da boca. Quando prontas, uma nova intervenção cirúrgica é realizada para que a prótese seja anexada. Depois de tudo feito, não se deve esquecer dos cuidados pós-implante principais, que são: 

  • Uso correto da medicação;
  • Repouso;
  • Alimentação líquida e pastosa;
  • Limpeza correta de acordo com o indicado; 
  • Uso de compressas de gelo; 
  • Voltar corriqueiramente ao dentista;

More to explorer

Across.

Com mais de 10 anos no mercado, nossa empresa busca desenvolver um departamento de recursos humanos alinhado e competente que auxilie na organização de recrutamentos e seleções, além da retenção de talentos.

Contato.

Todos os direitos reservados – Across RH 2019